Publicado em Deixe um comentário

Temas de Filosofia do Direito nos últimos seis Exames de Ordem

Exclusivo: desconto de até 40% em Livros de Direito ou para Concursos Públicos

Os Temas de Filosofia do Direito nos Exames de Ordem são explorados em apenas duas questões de primeira fase, compondo 2,5% da prova. Pode parecer pouco, mas por ser uma disciplina de pouco apreço e conhecimento da maioria dos examinandos, gabaritá-las é um diferencial na hora de compor o mínimo de 40 questões necessárias para a aprovação.

Por isso, após abordar os temas mais recorrentes nas questões e peças prático-profissionais cobradas nas segundas fases do Exame da OAB, a equipe de professores do Estratégia agora foca em temáticas e abordagens das provas de primeira fase para as quais é dada pouca atenção, em que pese sua importância no contexto geral.

Se você está se preparando para enfrentar a próxima primeira fase do Exame de Ordem, treinar por meio de questões, conhecer a abordagem da banca, o perfil dos examinadores e os temas mais recorrentes são fatores de suma importância para facilitar seus estudos e te deixar mais tranquilo e para o momento decisivo da prova.

E para te ajudar nessa empreitada, nossa equipe compilou os temas de filosofia exigidos nos últimos seis exames de ordem, em ambas as questões; Acompanhe no item abaixo.

Temas de Filosofia do Direito: Exames XXVI a XXXI

XXXI Exame XXX Exame XXIX Exame XXVIII Exame XXVII
Exame
XXVI
Exame
Questão 1 Autor: Kant Tema:Perspectiva contratualista e a liberdade no estado civil. Obra: Doutrina do Direito. Autor: John Stuart Mill
Tema:
Utilitarismo
Obra:

Utilitarismo
Autor: Platão
Tema:
Justiça
Obra:

A República
Autor:
Hans Kelsen
Tema:

Positivismo jurídico
Obra:

O Problema da Justiça
Autor:
Hannah Arendt
Tema:
Direito a ter direitos
Obra:

As
Origens do Totalitarismo
Autor:
Rudolf Von Ihering
Tema:

Direito, luta e paz
Obra:

A Luta
pelo Direito
Questão 2 Autor:Aristóteles. Tema: Justiça. Obra: Ética a Nicômaco Autor: Neil MacCormick
Tema:
fundamentação de uma decisão
Obra:

Argumentação Jurídica e Teoria do Direito
Autor: Norberto Bobbio
Tema:

Fontes do Direito
Obra:

Teoria do Ordenamento
Jurídico
Autor:
Herbert Hart
Tema:

Regra de reconhecimento
Obra:

O Conceito de Direito
Autor:
Jean-Jacques Rousseau
Tema:

Desigualdade
Obra:

Discurso Sobre a Origem e os Fundamentos da
Desigualdade entre os Homens
Autor:
Ronald Dworkin
Tema:

Ativismo judicial
e princípios jurídicos
Obra
:
Levando os Direitos a Sério

Pelos temas expostos acima, nota-se que não há um padrão repetido ou reiterado de autores exigidos, sendo que cada uma das questões trouxe um diferente. O que a prova de Filosofia do Direito busca é aferir o raciocínio jurídico e crítico-interpretativo do candidato em relação aos fundamentos historicamente norteadores do Direito e da Justiça.

Por isso, além de conhecer o conteúdo de parte dessas obras, sobretudo as mais trabalhadas no universo jurídico, o examinando deve demonstrar ter sedimentadas as bases norteadoras e principiológicas da atuação do operador de Direito, tal como expressadas pela filosofia.

Assim, mais do que decorar pontos de vista de autores, é essencial ao futuro advogado incorporar o espírito das ideias que fizeram os direitos e o acesso à justiça evoluírem ao ponto em que se encontram hoje.

Fonte: Estratégia Concursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *