Publicado em Deixe um comentário

“Pronto para ser lançado”, diz delegado-geral da PC SP sobre edital

O delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, afirmou, em entrevista publicada pela Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP), que os editais do próximo concurso PC SP estão prontos para publicação e que somente aguardam autorização do governo paulista. Fontes falou, ainda, sobre a expectativa de ingresso de novos policiais na instituição até 2023.

“Ainda que não haja contratação no ano de 2021, relacionado ao novo concurso, nós precisamos deixar ele pronto para, em 2022, contratar 2.750 policiais, além dos que já estão na academia. O nosso objetivo até 2023 é tentar trazer para os quadros da Polícia Civil pelo menos 8 mil policiais“. declarou.

Recentemente, foram publicadas as comissões dos próximos concursos públicos para ingresso às carreiras de Investigador, Escrivão, Médico Legista e Delegado na PC SP (Polícia Civil de São Paulo), que vão ofertar, ao todo, 2.939 vagas. Confira abaixo a distribuição das vagas:

  • Delegado: 250 vagas
  • Investigador: 900 vagas
  • Escrivão: 1.600 vagas
  • Médico Legista: 189 vagas

O próximo passo do certame é escolher a banca organizadora, prevista para acontecer em breve. 

Requisitos para os cargos do concurso PC SP

Os requisitos para o ingresso na Polícia Civil SP variam de acordo com a área de atuação. Por isso, listamos abaixo as principais exigências do concurso Polícia Civil SP, de acordo com cada cargo.

Escrivão e Investigador: ter 18 anos ou mais na data da posse, formação em Nível Superior em qualquer área de atuação, ter CNH na categoria “B”, no mínimo.

Papiloscopista, Auxiliar de Papiloscopista e Agente de Telecomunicações: nível médio, carteira nacional de habilitação, CNH, na categoria “B” e ter no mínimo 18 anos na data da posse.

Agente Policial: nível médio, carteira nacional de habilitação, CNH, na categoria “D” e ter no mínimo 18 anos na data da posse.

Delegado: portador do diploma de bacharel em Direito e comprovação do exercício de, pelo menos, 2 anos de atividade jurídica ou policial, comprovados na data da posse.

Fonte: Estratégia Concursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *