Publicado em Deixe um comentário

Como estudar para concursos de Serviço Social? As referências bibliográficas mais usadas em provas de concurso.

Quando estudamos legislação, temos a segurança de que tudo o que será cobrado está na letra da lei. A Banca Examinadora só pode formular questões de assuntos que estão expressamente dispostos nos artigos das legislações indicadas no conteúdo programático do Edital.

Mas e quando o assunto é teoria? E quando não há indicação de bibliografias no edital? Por onde começar? Quais autores de basear?

O conteúdo teórico do Serviço Social é extenso, envolve assuntos como: fundamentos históricos, teórico-metodológicos do Serviço Social, questão social, política social, dimensão técnico-operativa, dimensão investigativa, entre outros.

Com base nas questões de provas dos últimos anos, aplicadas ao cargo de assistente social, identifiquei um apanhado de livros, artigos e autores que mais são utilizados para a elaboração das assertivas. Algumas das referências encontram-se disponíveis na internet!

A seguir, disponibilizarei por assunto cada uma dessas indicações:

Fundamentos históricos, teórico-metodológicos do Serviço Social:

  • AGUIAR, A. G. Serviço Social e filosofia: das origens a Araxá. 5. ed. São Paulo: Cortez, 1995
  • IAMAMOTO, M. V e CARVALHO, R. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil: esboço de uma interpretação histórico-metodológica. 13ª ed., São Paulo: Cortez, 2000.
  • MONTAÑO, C. A natureza do Serviço Social: um ensaio sobre sua gênese, a especificidade e a sua reprodução. São Paulo: Cortez, 2007.
  • MARTINELLI, M. L. Serviço social: identidade e alienação. São Paulo: Cortez, 1997.
  • CASTRO, M. M. História do Serviço Social na América Latina. 8ª edição, São Paulo: Cortez/CELATS, 2007.
  • NETTO, J. P. Ditadura e Serviço Social. São Paulo: Cortez, 1990.
  • _. Capitalismo monopolista e serviço social. São Paulo: Cortez, 2001.
  • _. O movimento de reconceituação –40 anos depois. In: Revista Serviço Social & Sociedade, nº 84, São Paulo: Cortez, 2005. Disponível em: http://www.unirio.br/cchs/ess/Members/rafaela.ribeiro/servico-social-i-2018.2/omovimento-de-reconceituacao-40-anos-depois-j-p-netto/view
  • Yazbek, M. C. Os fundamentos históricos e teórico-metodológicos do Serviço Social brasileiro na contemporaneidade. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: CFESS; ABEPSS; CEAD, 2009. Disponível em: http://cressrn.org.br/files/arquivos/ZxJ9du2bNS66joo4oU0y.pdf

Projeto ético-político:

Trabalho na contemporaneidade:

  • ANTUNES. R. Adeus ao trabalho? São Paulo: Cortez, 2000.
  • IAMAMOTO, M. V. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. S. Paulo, Cortez, 1998.
  • ____. As dimensões Ético-Políticas e Teórico-Metodológicas no Serviço Social Contemporâneo. In: MOTA, Ana Elizabete et al. (orgs.). Serviço Social e saúde: formação e trabalho profissional. São Paulo: Cortez/ABEPSS, 2006. Disponível em: http://www.fnepas.org.br/pdf/servico_social_saude/texto2-2.pdf
  • RAICHELIS, R. O assistente social como trabalhador assalariado: desafios frente às violações de seus direitos. Serviço Social e Sociedade, São Paulo: Cortez, n. 107, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sssoc/n107/03.pdf

Questão Social:

Política Social:

  • BEHRING, E. R. & BOSCHETTI, I. Política social: fundamentos e história. São Paulo: Cortez, 2006.
  • PEREIRA, P. A. Política social: temas e questões. São Paulo, Cortez, 2008.
  • BEHRING, Elaine R. Brasil em contra reforma: desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo: Cortez, 2005.
  • COUTO, Berenice R. O direito social e a assistência social na sociedade brasileira: uma equação possível? São Paulo: Cortez, 2004.
  • FALEIROS, V. P. A política social do estado capitalista. 8.ed. São Paulo: Cortez, 2000.
  • NETTO, José Paulo. Crise do socialismo e ofensiva neoliberal. (Coleção Questões de Nossa Época, vol. 20), 3ª edição, São Paulo: Cortez, 2001.
  • __. Estado, Regulação Social e Controle Democrático. In: BRAVO, Maria Inês Souza; PEREIRA, Potyara A. P. Política Social e Democracia. 2. ed. – São Paulo: Cortez; Rio de Janeiro: UERRJ, 2002.

Dimensão técnico-operativa:

Dimensão investigativa:

  • BAPTISTA, M. V. A investigação em serviço social. São Paulo: Veras Editora, 2006.
  • GUERRA, Y. A dimensão investigativa no exercício profissional. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: CFESS; ABEPSS; CEAD, 2009. Disponível em: http://www.cressrn.org.br/files/arquivos/C8pQHQOyl68c9Bc41x5Y.pdf

Pesquisa social:

  • MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. Petrópolis, Vozes, 1994.
  • GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Editora Atlas, 1989.
  • ____. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.
  • SETUBAL, Aglair A. Pesquisa em Serviço Social: Utopia e Realidade. 3ª edição. São Paulo: Cortez, 2001.

Planejamento Social:

  • BAPTISTA, Myrian Veras. Planejamento Social: intencionalidade e instrumentação. São Paulo: Veras, 2002.

Assessoria e consultoria:

  • BRAVO, Maria Inês Souza; MATOS, Maurílio Castro. Assessoria, consultoria e Serviço Social. São Paulo: Cortez, 2010.
  • MATOS, Maurílio Castro. Assessoria, consultoria, auditoria e supervisão técnica. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: CFESS; ABEPSS; CEAD, 2009. Disponível em: http://www.cressrn.org.br/files/arquivos/ZK2736DP7w8MI96Qb63f.pdf

Avaliação de projetos sociais e de políticas sociais:

  • TEIXEIRA, Joaquina Barata. Formulação, administração e execução de políticas públicas. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: CFESS; ABEPSS; CEAD, 2009. Disponível em: http://cressrn.org.br/files/arquivos/5x595ziU0wuEf5yA63Zw.pdf
  • JANNUZZI, Paulo de Martino. Indicadores Sociais no Brasil. 2ª ed. Campinas: Alínea, 2003.
  • POCHMANN, Márcio & AMORIM, Ricardo (orgs). Atlas da exclusão social no Brasil. vol 1, São Paulo: Cortez, 2002.

O livro de Serviço Social mais utilizado em provas de concursos públicos:

Fonte: Estratégia Concursos


Deixe uma resposta